Reencontro - saudades de você - oficial

terça-feira, 23 de março de 2010

Árvores frutíferas sem frutos





Uma das coisas mais maravilhosas sobre a vida nos trópicos é a abundância de frutas e árvores frutíferas. Sabemos que com as árvores frutíferas vêm muitos frutos, e há só uma coisa melhor do que pegar frutas frescas no mercado: pegá-las na árvore.


Oh, quão abençoados foram nossos primeiros pais, Adão e Eva, de ser colocados no Jardim do Éden, onde tinham abundância de frutas e árvores frutíferas ao alcance da mão! 


Gn 1:29 -  E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento. 


Gn.2:16 - E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente,


Em algumas culturas, o fazendeiro ou agricultor atravessa uma estaca de ferro no tronco de uma árvore estéril, e até a estação seguinte aquela árvore já estará produzindo frutos. Como cristãos, não precisamos nos preocupar em que uma estaca de ferro seja atravessada em nós, pois fomos redimidos da maldição do pecado e da esterilidade pelo precioso sangue de Jesus Cristo. Ele é a videira verdadeira 


Jo 15:1-5 - Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. .


“Se não damos nenhum fruto, o poder das trevas toma posse de nossa mente, nossas afeições, nosso serviço, e somos do mundo, embora professemos ser filhos de Deus” (Comentários de Ellen G. White, SDA Bible Commentary, p. 1.143).


“Permanecendo em Cristo, podemos ter Sua doçura, Sua fragrância, Sua luz. Cristo é a Luz do mundo. Ele brilha em nosso coração. Sua luz em nosso coração irradia de nossa face. Contemplando a beleza e a glória de Cristo somos transformados na mesma glória” (Ibid.).


Mãos à Bíblia
6. (Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele 1 João 2:15). O que esse texto está dizendo? Quer dizer que Deus não ama aqueles que amam o mundo, ou aqueles que amam o mundo não amam a Deus? Explique.


“Às vezes, os anseios do coração são pela santidade e o Céu; mas não há tempo para retrair-se do tumulto do mundo para ouvir as palavras majestosas e autorizadas do Espírito de Deus. As coisas da eternidade são tidas como secundárias, e as do mundo, supremas. É impossível à semente da verdade produzir fruto; porque a vida é utilizada para alimentar os espinhos do mundanismo” (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 51).


7. Como uma pessoa pode saber quando seu amor ao mundo substituiu seu amor a Deus? Que sinais deve procurar?

Greig Jordan St. Philip, Barbados


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário